OLD VINYL - William "Bootsy" Collins

May 29, 2014

A Importância do Funk e Técnicas de Baixo Collins tem técnica de baixo pulsante, rítmica e suingada, e que foi muito influente no desenvolvimento do funk. Seu som caracteristicamente rico, produzido por filtros de envelope (como por exemplo o Mutron), é um de seus traços mais exclusivos como baixista. Bootsy também usa em suas linhas semicolcheias altamente sincopadas, combinadas com uma técnica muito forte de slap, com muita influência de Larry Graham.

As partes de baixo executadas por Collins frequentemente aparecem com destaque na mixagem das canções, e quase sempre são elas que "levam" a canção, e não a guitarra ou os instrumentos de sopro.

EXPERIÊNCIA COM JAMES BROWN
Juntamente com seu irmão mais velho, Catfish Collins, Kash Waddy e Philippé Wynne, Collins formou em 1966 a banda chamada The Pacesetters. Em março de 1970, depois da maior parte dos membros da banda de James Brown abandoná-lo, devido a uma disputa salarial, os Pacesetters foram contratados para tocar com o cantor, e passaram a ser conhecidos como The J.B.'s (também são conhecidos como os J.B.'s "originais", como forma de distingui-los das formações posteriores da banda). Embora tenham trabalhado para Brown por apenas 11 meses, os J.B.'s originais tocaram em algumas das gravações de funk mais intensas do artista, incluindo "Get Up (I Feel Like Being a) Sex Machine", "Super Bad", "Soul Power" e "Talkin' Loud and Sayin' Nothing".

O então jovem Bootsy envolveu-se diversas vezes em conflito com o sistema rígido usado por James Brown para disciplinar sua jovem banda sempre que sentia que haviam saído da linha. Após sair da banda eventualmente, Collins se mudou para Detroit, seguindo o conselho da cantora e futura companheira de Parliament, Mallia Franklin.

FUNKADELIC, RUBBER BAND E RELAÇÃO COM GEORGE CLINTON
Franklin introduziu os dois irmãos Collins a George Clinton, e em 1972 ambos, juntamente com Waddy, entraram para o Funkadelic. Bootsy tocou baixo na maior parte dos primeiros álbuns do Funkadelic e do Parliament, e tem diversos créditos pelas composições da banda no período.

Em 1976 Bootsy, Catfish, Waddy, Joel Johnson, Gary "Mudbone" Cooper, Robert Johnson e The Horny Horns formaram a Bootsy's Rubber Band, uma "unidade independente" destinada a turnês, do P-Funk de George Clinton. O grupo acabou gravando quatro álbuns, dos quais os primeiros três costumam ser considerados como gravações essenciais do P-Funk. O álbum de 1978 do grupo, Bootsy? Player of the Year, chegou ao topo das paradas de sucesso de R&B, e teve um single, "Bootzilla", ocupando a primeira posição.

Como George Clinton, Bootsy assumiu diversos alter egos durante sua carreira, de "Casper the Funky Ghost" ("Casper, o Fantasma Funky", um trocadilho com o personagem Casper, the Friendly Ghost) até "Bootzilla" (de Godzilla), como parte de um personagem em evolução, um astro de rock alienígena que ficava cada vez mais bizarro à medida que o tempo passava (ver mitologia do P-Funk). Foi neste período que Collins adotou seu tradicional baixo "espacial" (space bass), em força de estrela.

 

Publicado por Antonio Consciência

Please reload

Destaque

Lançamento On Line Novo Single "É Noix"

February 21, 2016

1/10
Please reload

Recentes

October 28, 2014

Please reload

Tags
Please reload

Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • SoundCloud Basic Square